Apartamento com 247,61m² A.C., 322,57m² A.T. Lotes Residenciais

Abertura:
Fechamento:
Lance inicial:
Abertura
Fechamento
Lance inicial:
Avaliação:
R$ 1400000,00
0% de desconto Possibilidade de Parcelamento
Residenciais
0 Habilitações
1243
Visitas
0
Lances
Dias
Horas
Min
Seg
Acompanhe ao vivo
Incremento: R$8.000,00
Comissão do Leiloeiro: 5,00%
Número do Processo: 0257815-53.2009.8.26.0002
Código: AGS-0076
Ação: Procedimento Comum Cível - Cobrança de Condomínio
Comarca: Capital
Foro: Foro Regional II - Santo Amaro
Vara: 5ª Vara Cível
Juiz: Regina de Oliveira Marques
Autor: Condomínio do Edífício Monte Carlo
Réu: José Eduardo Serpa e outros

Informações

O Apartamento nº 111, localizado no 11° andar do “Edifício Monte Carlo”, situado à Rua Barão de Jaceguai nº 1.195, no Bairro de Campo Belo, 30º Subdistrito-Ibirapuera, contendo a área construída privativa, de divisão não proporcional de 152,76 metros quadrados, e a área construída de uso comum, de  divisão proporcional de 94,85 metros quadrados, totalizando uma área construída total de 247,61 metros quadrados, e uma área real total construída de 322,57 metros quadrados, na qual está incluída uma vaga que para efeito de disponibilidade tem o nº 08, cuja participação é de 1,4199%, no total das demais partes e coisas de propriedade e uso comuns do edifício, exceto no terreno, cuja fração ideal é de 6,173%.

Contribuinte nº 086.091.0197-5
Matrícula nº 114.290 do 15º CRI da Comarca da Capital/SP
DISTRIBUIÇÃO INTERNA: 03 dormitórios, sendo uma suíte, sala de estar, 01 banheiro social, cozinha, lavanderia e 01 banheiro de empregada; 03 vagas de garagem e depósito
DEPENDÊNCIAS DO CONDOMÍNIO: palyground, salão de festas, quadra, piscina, academia
OCUPADO. Desocupação por conta do arrematante.
VISITAÇÃO: Os interessados em vistoriar o bem, será mediante cadastro e agendamento prévio com o leiloeiro oficial, cabendo aos responsáveis pela guarda facultar o ingresso dos interessados. Em caso de recusa do fiel depositário, o(a) interessado(a) deverá comunicar o MM. Juízo do processo em epígrafe, que adotará as sanções cabíveis.
LEIA O EDITAL ANTES DE PARTICIPAR. O bem será vendido no estado de conservação em que se encontra, sem garantia, constituindo ônus do interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para o leilão. Eventuais regularizações que se façam necessárias serão de responsabilidade do arrematante.

• Condições de venda e descrição completa do bem, acesse "Edital"
• Matrícula, Laudo de Avaliação e outras informações, consulte "Documentos do Lote"

CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: Será considerado arrematante aquele que der lance igual ou superior ao valor da avaliação atualizada (1º Leilão) ou aquele que der lance de valor igual ou superior a 50% do valor da avaliação atualizada (2º Leilão). O pagamento deverá ser feito de uma única vez, em até 24 horas após ter sido declarado pelo leiloeiro como vencedor.

PROPOSTA DE ARREMATAÇÃO PARCELADA: Sinal mínimo de 25% do valor da proposta e saldo em até 30 parcelas (vide Edital do Leilão e regras no campo "Proposta").

• Os valores de avaliação e lance inicial serão atualizados à época da alienação, conforme Cálculo de Atualização Monetária dos Débitos Judiciais do TJ/SP

Documentos do lote

Proposta

Regras para proposta

Caso nos Leilões não haja lance para pagamento à vista, serão admitidas propostas escritas de arrematação de forma parcelada (obrigatoriamente encaminhadas via sistema do site, nos termos do Art. 22, parágrafo único, da Resolução nº 236 do CNJ) sendo necessário sinal não inferior a 25% do valor da proposta, e o restante em até 30 meses, garantido por caução idônea, quando se tratar de móveis, e por hipoteca do próprio bem, quando se tratar de imóveis, que estarão sujeitas à apreciação pelo MM. Juízo da causa (Art. 891, parágrafo único, Art. 895, § 1º do CPC, e prazos conforme AI 2132770-30.2017.8.26.0000 do TJ/SP).

As parcelas deverão sofrer correção mensal pelo índice do E. TJ/SP e no caso de atraso no pagamento de qualquer das prestações, incidirá multa de 10% (dez por cento) sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas (Art. 895, § 4º do CPC).

A fixação de critérios para definição de qual será a proposta de arrematação parcelada mais vantajosa e, portanto, vencedora será exclusivamente do MM. Juízo da causa. Havendo mais de uma proposta de pagamento parcelado: em diferentes condições, o juiz decidirá pela mais vantajosa, assim compreendida, sempre, a de maior valor; em iguais condições, o juiz decidirá pela formulada em primeiro lugar (Art. 895, § 8º do CPC).

Caso haja o envio de lances com pagamento à vista, todas propostas para pagamento parcelado serão desconsideradas e será considerado vencedor o lance à vista de maior valor (Art. 895, § 7º do CPC).

Para enviar proposta de arrematação parcelada os interessados deverão obrigatoriamente solicitar habilitação para o respectivo leilão.

Somente será considerada uma única proposta parcelada por cliente, que, no entanto, poderá majorá-la até o encerramento do leilão.

Caberá ao interessado que ofertar propostas para pagamento parcelado acompanhar no site a ocorrência (ou não) de lances à vista no leilão desejado bem como (se julgar de seu interesse), participar do leilão ofertando lances com pagamento à vista.

Habilitação Necessária para envio de propostas

Localização

Rua Barão de Jaceguai, 1195 - Campo Belo São Paulo - SP

Este website utiliza cookies de acordo com a política em vigor. Ao continuar a navegação está a aceitar a sua utilização.
Caso pretenda saber mais, consulte a nossa política de cookies.